7 de Abril de 2015 16:04

Cirurgia de implante de prótese inflável é incluída na CBHPM


No início de março, a cirurgia de implante de prótese peniana inflável foi incluída na tabela da Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos (CBHPM). A conquista é fruto da Campanha Nacional Contra a Disfunção Erétil - De Volta ao Controle, realizada pela SBU.

O procedimento foi aprovado por médicos e representantes de planos de saúde que compõem a Câmara Técnica da CBHPM, da Associação Médica Brasileira (AMB). Chefe do Departamento de Andrologia da SBU, Antônio de Moraes Júnior representou a SBU na defesa da inclusão da técnica. Ele destacou a segurança, a eficácia e os benefícios do tratamento para os pacientes que sofrem de disfunção erétil severa e não respondem às terapias clínicas à base de remédio e injeção. "Temos que comemorar, pois a codificação fortalece a prática dessa cirurgia e nossa Sociedade médica, como defensora de uma atenção integral aos pacientes", ressaltou. A aprovação foi condicionada à definição da Diretriz de Utilização do procedimento.

Também foi definido o reajuste de 9,43% dos honorários médicos para o procedimento, de 9A (R$ 776,82) para 9B (R$ 849,11). "A discussão com os planos de saúde não foi fácil, e o acordo acabou sendo por uma proposta intermediária. De qualquer maneira, foi uma vitória reativarmos o código da prótese inflável depois de sete anos de suspensão e aumentarmos o valor dos honorários", avalia o presidente da Comissão de Valorização Profissional da SBU, Jorge Gabrich.

A atuação da SBU também possibilitou o ajuste de outros procedimentos urológicos na tabela da CBHPM. Entre eles, a exclusão da retirada de cateter duplo J, cuja codificação estava inadequada.

A aprovação na CBHPM é também referência para a inclusão da cirurgia de implante de prótese inflável no rol de procedimentos obrigatórios da saúde suplementar. A SBU encaminhou à Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) dossiê em defesa da inclusão e continua fazendo trabalho de conscientização por meio da campanha (www.devoltaaocontrole.com.br). A ANS realizará neste semestre consulta pública eletrônica sobre o rol obrigatório dos planos de saúde.

Fonte: SBU



OUTRAS NOTÍCIAS
20 de Abril de 2016 10:04
Por que devo fazer o exame da próstata aos 50 anos?

Pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) mostra que a maioria dos homens brasileiros (51%) não vai ao médico regularmente. Principal causa de morte por câncer em homens depois dos tumores de pulmão, o câncer de próstata não apresent... (continuar lendo)

13 de Abril de 2016 11:04
Hiperplasia benigna da próstata atinge 50% dos homens após os 50 anos

A hiperplasia benigna da próstata (HPB) é o tumor mais frequente no homem. Estima-se que cerca de 50% dos homens apresentam algum grau da doença após os 50 anos e que mais de 30% necessitarão de tratamento durante a vida. A HPB é caracterizada ... (continuar lendo)

29 de Março de 2016 08:03
Cistite de repetição

O que é? Cistite é uma infecção que acomete a bexiga, ou seja, uma infecção do trato urinário baixo (ITU). As cistites são muito comuns em mulheres. Estima-se que 50 a 80% delas apresentarão ao menos um episódio de cistite ao longo da vida. De 20 a 50% das mul... (continuar lendo)


Voltar-noticias

NOSSOS CONVÊNIOS

Confira alguns dos nossos principais convênios e parceiros de atendimento.

01
02
03
04
05
06
07
08
09
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23