2 de Maio de 2013 10:05

O papel do urologista no tratamento do paciente lesado medular

A urologia tem papel fundamental na reabilitação de pacientes com lesões medulares traumáticas. Estes pacientes frequentemente apresentam um distúrbio chamado "bexiga neurogênica", que se refere a problemas de funcionamento da bexiga urinária como consequência da lesão do sistema nervoso.

O sistema nervoso é imprescindível para o bom funcionamento de diversos órgãos do corpo humano. Para que a bexiga se esvazie adequadamente, é necessária a coordenação entre a contração do músculo da bexiga (chamado "detrusor") e o relaxamento do esfíncter urinário (músculo situado no assoalho pélvico, que tem a função de "segurar a urina"). Nos pacientes que sofreram lesões traumáticas da medula espinhal (trauma de coluna), esta coordenação pode deixar de existir. O resultado deste distúrbio pode ser a incontinência urinária, que é a perda involuntária de urina através da uretra (canal que leva a urina da bexiga ao meio externo).

Além disso, os pacientes com lesões medulares podem apresentar perda da função dos rins, caso as pressões dentro da bexiga sejam muito altas. Isto tende a acontecer quando o esfíncter urinário não relaxa adequadamente (e causa esvaziamento incompleto da bexiga). Nestes casos, pode ocorrer dilatação dos rins. Este é um achado que indica risco iminente de perda da função dos rins.

Existem várias opções de tratamento da bexiga neurogênica. Dentre elas podemos citar: 

* Medicamentos (que controlam a contração da bexiga); 
* Cateterismo vesical (introdução de sonda através da uretra para promover o completo esvaziamento da bexiga); 
* Aplicação de toxina botulínica (nos casos que os medicamentos não são efetivos) 
* Cirurgias para implante de slings ou do esfíncter urinário artificial (quando o esfíncter urinário não consegue manter a continência); 
* Cirurgias para ampliação vesical (chamadas "citoplásticas");

No mês de março de 2013, a Sociedade Brasileira de Urologia organizou uma campanha nacional de conscientização sobre incontinência urinária. Atividades simultâneas foram realizadas nas ruas de diversas capitais do país, com o objetivo de informar as pessoas sobre os várias opções de tratamento da incontinência urinária.

Dentre as principais causas de lesões medulares traumáticas no Brasil podemos citar os acidentes de trânsito, os ferimentos por arma de fogo, as quedas de altura e o mergulho em águas rasas. Apesar da escassez de dados epidemiológicos, são estimados cerca de 13.500 novos casos de traumas raqui-medulares por ano no país.

Prevenir é sempre melhor do que remediar. Muitos casos de lesões traumáticas da medula espinhal poderiam ser prevenidos, através de medidas simples:

* Motoristas: Se beber, não dirija ! 
* Banhistas: Não mergulhar em locais que não foram mapeados por autoridades competentes (lagos, rios, riachos, etc) ! 
* Trabalhadores da construção civil ou que fazem serviços em alturas: sempre usar equipamentos de proteção individual e cabos de segurança!

 



OUTRAS NOTÍCIAS
20 de Abril de 2016 10:04
Por que devo fazer o exame da próstata aos 50 anos?

Pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) mostra que a maioria dos homens brasileiros (51%) não vai ao médico regularmente. Principal causa de morte por câncer em homens depois dos tumores de pulmão, o câncer de próstata não apresent... (continuar lendo)

13 de Abril de 2016 11:04
Hiperplasia benigna da próstata atinge 50% dos homens após os 50 anos

A hiperplasia benigna da próstata (HPB) é o tumor mais frequente no homem. Estima-se que cerca de 50% dos homens apresentam algum grau da doença após os 50 anos e que mais de 30% necessitarão de tratamento durante a vida. A HPB é caracterizada ... (continuar lendo)

29 de Março de 2016 08:03
Cistite de repetição

O que é? Cistite é uma infecção que acomete a bexiga, ou seja, uma infecção do trato urinário baixo (ITU). As cistites são muito comuns em mulheres. Estima-se que 50 a 80% delas apresentarão ao menos um episódio de cistite ao longo da vida. De 20 a 50% das mul... (continuar lendo)


Voltar-noticias

NOSSOS CONVÊNIOS

Confira alguns dos nossos principais convênios e parceiros de atendimento.

01
02
03
04
05
06
07
08
09
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23