30 de Março de 2015 18:03

Todo adolescente deveria consultar um urologista

Segundo o manual da boa prática urológica da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), é importante que os adolescentes sejam acompanhados por um urologista para aprender a fazer o autoexame dos testículos, uma vez que esse é o tumor sólido mais comum desta faixa etária. Além disso, o urologista pode ensiná-lo a evitar as doenças sexualmente transmissíveis e detectar doenças que podem prejudicar sua fertilidade no futuro.

Confira o texto na íntegra a seguir:

Na adolescência, uma época de transformação do organismo masculino, é importante acompanhar essas transformações. É recomendável o adolescente aprender a fazer a palpação dos testículos e saber se algo estranho está acontecendo. Veias dilatadas e o endurecimento do testículo merecem a avaliação do urologista. Nesta hora é importante o jovem aprender a fazer higiene genital e se prevenir das Doenças Sexualmente Transmissíveis. A prevenção é a chave do sucesso!

As doenças sexualmente transmissíveis andam lado a lado com a atividade sexual. Provavelmente elas só vão desaparecer se um dia acabarem as relações sexuais. Você talvez já tenha aprendido tudo sobre elas, mas pense em seu filho adolescente. Não deixe que ele aprenda por “experiência própria” ou tenha um “professor” naquele amigo mais saidinho. Logo você, que tem se esmerado (e investido!) tanto na educação dos seus filhos, vai descuidar desse aspecto?

Além de um canal de comunicação com o urologista, sem eventuais barreiras e vergonhas que possam existir, saiba que há algumas doenças na adolescência que podem ser tratadas e evitar uma série de problemas futuros: desde uma simples fimose ou excesso de prepúcio que interfere negativamente no início das atividades sexuais do garoto, passando por uma varicocele que pode influenciar negativamente a fertilidade quando ele for um adulto jovem, na época dos seus netos, e mesmo alguns tumores de testículo, atrofias testiculares, etc.
Se você tem uma filha adolescente que já menstruou, pode ter certeza de que sua esposa já a levou ao ginecologista. Seu filho também merece um acompanhamento nesse sentido.

Fonte: Uronline



OUTRAS NOTÍCIAS
20 de Abril de 2016 10:04
Por que devo fazer o exame da próstata aos 50 anos?

Pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) mostra que a maioria dos homens brasileiros (51%) não vai ao médico regularmente. Principal causa de morte por câncer em homens depois dos tumores de pulmão, o câncer de próstata não apresent... (continuar lendo)

13 de Abril de 2016 11:04
Hiperplasia benigna da próstata atinge 50% dos homens após os 50 anos

A hiperplasia benigna da próstata (HPB) é o tumor mais frequente no homem. Estima-se que cerca de 50% dos homens apresentam algum grau da doença após os 50 anos e que mais de 30% necessitarão de tratamento durante a vida. A HPB é caracterizada ... (continuar lendo)

29 de Março de 2016 08:03
Cistite de repetição

O que é? Cistite é uma infecção que acomete a bexiga, ou seja, uma infecção do trato urinário baixo (ITU). As cistites são muito comuns em mulheres. Estima-se que 50 a 80% delas apresentarão ao menos um episódio de cistite ao longo da vida. De 20 a 50% das mul... (continuar lendo)


Voltar-noticias

NOSSOS CONVÊNIOS

Confira alguns dos nossos principais convênios e parceiros de atendimento.

01
02
03
04
05
06
07
08
09
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23